Porque não posso estalar minha coluna?

A diferença entre a Correção / Ajuste do quiropraxista e o simples “estalo” do dia a dia.

estalo pescoço

Essa é uma pergunta frequente na Clínica de Quiropraxia quando os pacientes relatam que depois de estalarem seu pescoço ou sua coluna vertebral, sentem um alívio, e são surpreendidos por minha resposta negativa, de que isso PREJUDICA SIM a coluna vertebral.

A primeira pergunta que as pessoas devem se fazer é “Mas porque eu não posso se é o que o quiropraxista faz?”

  • VAMOS À RESPOSTA ENTÃO!

POR QUE AS ARTICULAÇÕES ESTALAM / CAVITAM?

articulação e cavitaçãoAs articulações da coluna são envoltas por uma cápsula (cápsula articular). Dentro desta cápsula existe o líquido sinovial, responsável por “lubrificar” a articulação. Esse líquido é composto por alguns gases. Quando é realizado um movimento rápido na articulação, há uma diminuição da pressão dentro desta cápsula, fazendo com que o gás do líquido sinovial se torne menos solúvel resultando na formação de bolhas que ao estourarem geram o famoso barulho do estalo, conhecido como “CAVITAÇÃO ARTICULAR”.

O QUE O QUIROPRAXISTA FAZ?

coluna subluxadaPor diversas situações do nosso dia a dia, como por exemplo, má postura, ficar muito tempo na mesma posição, fazer força de forma errada, dormir mal, sobrepeso, sedentarismo entre outras, as vértebras da coluna vertebral DESALINHAM, o que é chamado pelos quiropraxistas de SUBLUXAÇÃO VERTEBRAL (imagem ao lado).

Na subluxação vertebral, a vértebra, além de desalinhar, perde seu movimento normal e gera compensações musculares e ligamentares. Isso faz com que as vértebras acima e abaixo tenham “mais trabalho”, ou seja, acabam se movimentando mais que o seu normal.

 

ajuste cervical sentadoQUAL É O OBJETIVO DO QUIROPRAXISTA ENTÃO?

Corrigir esses desalinhamentos, devolvendo assim a posição e o movimento normal para a vértebra que desalinhou e consequentemente retirar a sobrecarga das vértebras adjacentes.  Para a correção o quiropraxista, através da palpação, analisa a posição da vértebra subluxada e faz manobras com linhas de correção exatas para devolver o alinhamento e movimento normal a ela. Isso é muito diferente de simplesmente estalar o pescoço, onde não há correção alguma, podendo até mesmo agravar as subluxações existentes.

 

QUAL O PROBLEMA DE SE “AUTO-ESTALAR” A COLUNA?

Você já deve ter percebido que as primeiras vezes que estalou sua coluna foram difíceis, e que com o passar do tempo, quanto mais estalava mais fácil ficava. Aí está o grande problema de criar o hábito do estalo. Como expliquei antes, quando uma vértebra está desalinhada, perde seu movimento normal e as vértebras acima e abaixo acabam ganhando mais movimento. Ao estalar a coluna, essas vértebras que já tinham excesso de movimento acabam ganhando mais ainda e em momento algum a correção dos desalinhamentos é realizada, e sim, quase sempre as subluxações são agravadas. Esse excesso de movimento acaba deixando as articulações instáveis, ou seja, mais susceptíveis às lesões e degeneração.

“O bem-estar após o estalo é questão de minutos e não resolve problema algum. O ideal é manter uma postura correta e um estilo de vida saudável e deixar os estalos e a correção dos desalinhamentos com o quiropraxista, que é o profissional especializado nisso!”

Devemos lembrar que levou tempo para o corpo atingir certo grau de degeneração, então é normal e compreensivo esperar um determinado tempo para sua recuperação.

Removendo-se a subluxação articular e devolvendo o bom funcionamento e uma congruência ideal para articulação, há um alívio dos sintomas e remissão da dor.

Procure um Quiropraxista e viva bem e com plenitude…

Para Agendar sua consulta ligue: 011-99466-2260

Atenciosamente;

Dr. Fabio Corsini Motta –
fabio.ipq@gmail.com
Quiropraxia Clínica – Escolha Quiropraxia e Viva bem.

Fonte

Muito além do “CRECK”

Muito além do “creck”

Muito além do “creck”Quando você ouve a palavra “Quiropraxia”, o que lhe vem à mente é algo parecido com a imagem ao lado? Então reveja seus conceitos!

Para a grande maioria das pessoas a Quiropraxia está diretamente associada ao som ocasionado por algumas técnicas utilizadas no tratamento. Os ajustes do tipo HVLA (High Velocity-Low Amplitude) impressionam pela velocidade e posicionamento para correção, bem como pelo “creck” que geralmente acompanha o movimento. Tais técnicas são perfeitamente seguras se realizadas por um profissional Quiropraxista devidamente habilitado após uma minuciosa avaliação do paciente. E, além disso, o escopo de atuação do quiropraxista formado de acordo com as diretrizes da OMS e do MEC estende-se para muito além da utilização de manipulação ou mobilização articular que produzem estalos, estralos, ou numa linguagem mais apropriada, Cavitação.

Muitas pessoas tem medo deste barulho e por isso tem medo de ir ao quiropraxista. Mas o que estas pessoas não sabem é que existem diversas outras técnicas que podem ser utilizadas, as quais não desencadeiam cavitação, nem mesmo utilizam movimentos rápidos e posicionamentos “radicais”. ImagemEntre elas podemos citar a técnica Activator Methods, SOT, técnicas diversificadas com uso de ‘drop’ (aquele mecanismo de alavancas presente na maioria das macas de Quiropraxia), Gastron, ART entre outras.

O quiropraxista devidamente formado, antes de partir para a aplicação de qualquer técnica em você, irá fazer uma avaliação minuciosa, adotando os procedimentos que melhor se adequam ao seu caso. Se você tem medo do estalo, comente com seu quiropraxista, pois assim o tratamento se dará por caminhos que sejam mais confortáveis para você.

Procure por profissionais devidamente habilitados com curso universitário.

Devemos lembrar que levou tempo para o corpo atingir certo grau de degeneração, então é normal e compreensivo esperar um determinado tempo para sua recuperação.

Removendo-se a subluxação articular e devolvendo o bom funcionamento e uma congruência ideal para articulação, há um alívio dos sintomas e remissão da dor.

Procure um Quiropraxista e viva bem e com plenitude…

Para Agendar sua consulta ligue: 011-99466-2260

Atenciosamente;

Dr. Fabio Corsini Motta –
fabio.ipq@gmail.com
Quiropraxia Clínica – Escolha Quiropraxia e Viva bem.

Fonte: Quiroblog